Só Hoje

Imagem

Há exatos 365 dias, eu imaginava hoje ainda poder te abraçar e lhe devolver um sorriso. Infelizmente as coisas não aconteceram exatamente como eu esperava. “Hoje, preciso de você, com qualquer humor, com qualquer sorriso. Hoje, só tua presença, vai me deixar feliz… Só hoje!”
Há exatos 12 meses, eu ouvia você suspirar e dizer que eu sou o causador da tua insônia, da sua tristeza. O amor estava presente, as lágrimas começaram a escorrer pelos seus olhos. E eu te abracei e não permiti que fosse um abraço tão demorado, já que eu sabia que seria quase impossível me desgrudar de você se ficássemos ali por mais alguns segundos. 
Se você me fez sentir alegria, se eu fiz algo de errado, se você não quis mais, serão apenas lembranças. Só hoje posso perceber o quão abstrata é nossa distância. Sendo assim, “Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua, qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria em estar vivo…”. 
Há exato 1 ano eu preciso de você, com qualquer humor, com qualquer sorriso. “Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito, nem que seja só pra te levar pra casa depois de um dia normal. Olhar teus olhos de promessas fáceis e te beijar a boca de um jeito que te faça rir, que te faça rir. Hoje eu preciso te abraçar, sentir teu cheiro de roupa limpa, pra esquecer os meus anseios e dormir em paz.”
Se eu contei os dias pra você voltar e você não voltou, se eu te esperei sentada na esperança de que nos próximos minutos você chegasse, hoje eu não conto mais, não vou esperar, porque hoje eu preciso de você.
Anúncios

Dia 13

Imagem

Por traz do número 13 existem muitos mitos e superstições. A sexta-feira treze, o número treze no elevador…

 “Afinal, o que significa o número 13?

O 13 é formado pelos números 1 e 3. O 1 simboliza coragem, iniciativa e disposição para correr riscos. Já o 3 representa a autoconfiança e o otimismo de acreditar no melhor da vida, além da reação de leveza e liberdade que acompanha essa atitude positiva perante os desafios. Tanto o 1 quanto o 3 gostam de viver livremente e não apreciam dar satisfações do que querem fazer e do que efetivamente fazem. Por que detestam ser mandados e seguir regras.

 O interessante é que o 4, resultante da soma entre os números 1 e 3 – que formam o 13 – indica justamente o oposto. O 4 gosta de seguir regras e prefere o certo ao incerto. Almeja a estabilidade e não se sente à vontade em arriscar. Prefere seguir um ritmo calmo, com organização, planejamento e praticidade. 

Então, o conflito está deflagrado dentro do próprio número 13. Há uma luta entre o risco e a segurança. O 4 é conservador, enquanto o 1 e o 3 preferem o novo, as novidades e a originalidade. O 4 é tradicional; o 1 e o 3 são rebeldes. O 4 gosta de apoio e da presença física das pessoas ao seu redor. Já o 1 e o 3 são independentes, amam a autonomia e um amplo espaço para desbravar. Provavelmente, por reunir em sua simbologia tendências tão opostas, o 13 pode ser considerado um número ambíguo: uns o consideram sinal de mau agouro, outros de boas vibrações.

Ter receio do número 13 pode significar problemas no que tange a ter iniciativa ou otimismo para buscar novas experiências mais prazerosas e criativas – características simbolizadas pelos números 1 e 3. Outra possibilidade é que as pessoas privilegiem um dos extremos desse simbolismo: conservadorismo ou inovação; novidades ou comodidade; coragem de experimentar situações diferentes ou resistência à mudança. Por outro lado, quando a pessoa sabe lidar com a simbologia desse número, ela consegue ter muitas ideias, comunicá-las e tem a determinação de realizá-las. Sabe unir teoria e prática. Consegue viver bem com as regras sociais sem perder sua originalidade, sem reprimir a sua individualidade.”

http://www.personare.com.br/mitos-e-verdades-sobre-o-numero-13-m2511

Mas no final, muitas pessoas tem o dia treze como um dia da sorte. 

Maria, Maria

Não se pode discordar que aquele sentimentalismo todo que dizem pertencer às mulheres é o que faz a vida acontecer.
Se não é da mulher que surge o equilíbrio, o bom senso e ousadia, já não se pode indicar outra espécie de mediador do homem com o Deus interior de cada um de nós.
Sabe-se da fraqueza feminina, se apresenta a guerreira. Fala-se das que envelheceram, apresentam-se marcas de sabedoria. E dentre as que permanecem caladas, vocês hão de convir, existem as mais surpreendentes figuras femininas. E me diga mais uma, mais uma centena de razões para se orgulhar de ser mulher.
Eis que um dia nós surgimos na Terra, fomos amadas, fizemos do amor uma grande razão para viver.
Parabéns a todas as que já foram, são e ainda serão orgulhosas mulheres, o mais alto cargo na grande indústria de emoções que é a humanidade. Um grito de Vitória, afinal somos todas Marias!

Ruby Sparks

Ruby Sparks é um filme cativante e inspirador para os que gostam de escrever. A história de um gênio escritor que cria uma personagem em um livro e a transporta para a realidade. Essa é Ruby Sparks, uma menina de muita personalidade e uma namorada perfeita para Calvin. Ele descobre que quem controla a vida de Ruby é ele mesmo, ou melhor suas palavras. A partir daí se desenvolve uma bonita história de amor pela escrita e pela vida, ou melhor, pela solidão. 

“Essa é a história verdadeira e impossível de meu grande amor. Na esperança de que ela não leia e me repreenda eu omiti vários detalhes. O nome, o nascimento, a adolescência, marcas de nascença e cicatrizes. Mesmo assim, só me resta escrever sobre ela. Para dizer a ela: “Peço desculpas pelas palavras que escrevi para mudar você. Eu me arrependo de muitas coisas. Não consegui ver você enquanto esteve comigo. Agora que se foi vejo você em toda parte.

Alguém pode ler este livro e achar mágico mas se apaixonar é um ato de magia. Escrever também é. Disseram de O Apanhador no Campo de Centeio que o raro milagre da ficção tinha acontecido. Um ser humano tinha sido criado de tinta, papel e imaginação. Não sou um J.D Salinger mas testemunhei um milagre. Qualquer escritor confirma que na maior sorte e felicidade, as palavras não vêm de você mas através de você. Ela veio para mim inteira. Só dei a sorte de estar lá para apanhá-la.”