Tom Jobim

Imagem

Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim, mais conhecido como Tom Jobim, foi um compositor, maestro, pianista, cantor, arranjador e violinista brasileiro.

É considerado o maior expoente de todos os tempos da música brasileira pela revista Rolling Stones, e um dos criadores do movimento da bossa nova.

Nesta sexta-feira (25), Tom completaria 86 anos e sem dúvidas vale a pena relembrar alguns de seus sucessos.

Garota de Ipanema

Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça
É ela menina
Que vem e que passa
Num doce balanço
A caminho do mar

Moça do corpo dourado
Do sol de lpanema
O seu balançado é mais que um poema
É a coisa mais linda que eu já vi passar

Ah, por que estou tão sozinho?
Ah, por que tudo é tão triste?
Ah, a beleza que existe
A beleza que não é só minha
Que também passa sozinha

Ah, se ela soubesse
Que quando ela passa
O mundo inteirinho se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor

Wave

Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossivel ser feliz sozinho

O resto é mar
É tudo que eu não sei contar
São coisas lindas
Que eu tenho pra te dar
Vem de mansinho a brisa e me diz
É impossivel ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais e a eternidade

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Vou te contar
Os olhos já não podem ver
Coisas que só o coração pode entender
Fundamental é mesmo o amor
É impossivel ser feliz sozinho

O resto é mar
É tudo que eu não sei contar
São coisas lindas
Que eu tenho pra te dar
Fundamental é mesmo o amor
É impossivel ser feliz sozinho

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais e a eternidade

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Da primeira vez era a cidade
Da segunda o cais e a eternidade

Agora eu já sei
Da onda que se ergueu no mar
E das estrelas que esquecemos de contar
O amor se deixa surpreender
Enquanto a noite vem nos envolver

Pela luz dos olhos teus

Pela Luz dos Olhos Teus
Tom Jobim e Miucha

(Ela canta)
Quando a luz dos olhos meus 
E a luz dos olhos teus 
Resolvem se encontrar 

Ai, que bom que isso é meu Deus 
Que frio que me dá o encontro desse olhar 

Mas se a luz dos olhos teus 
Resiste aos olhos meus 
Só pra me provocar 

Meu amor juro por Deus 
Me sinto incendiar 

(Ele canta)
Meu amor juro por Deus 
Que a luz dos olhos meus 
Já não pode esperar 

Quero a luz dos olhos meus 
Na luz dos olhos teus 
Sem mais la ra ra ra…

Pela luz dos olhos teus 
Eu acho meu amor e só se pode achar 
Que a luz dos olhos meus precisa se casar 

( La ra ri ra ra ra…)
( La ra ri ra ra ra…)

(Os dois cantam)
Quando a luz dos olhos meus 
E a luz dos olhos teus 
Resolvem se encontrar 

Ai, que bom que isso é meu Deus 
Que frio que me dá o encontro desse olhar 

Mas se a luz dos olhos teus 
Resiste aos olhos meus 
Só pra me provocar 

Meu amor juro por Deus 
Me sinto incendiar 

Meu amor juro por Deus 
Que a luz dos olhos meus 
Já não pode esperar 

Quero a luz dos olhos meus 
Na luz dos olhos teus 
Sem mais la ra ra ra…

Pela luz dos olhos teus 
Eu acho meu amor e só se pode achar 
Que a luz dos olhos meus precisa se casar 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s