Eu gosto sim

Eu sei que eu gosto de dança, de música, de piano, de água, de cantar, de falar, de ouvir. Eu não sei se gosto de ler, de escrever, contar piadas. São muitas indecisões. É tudo mentira, eu não sei se eu sei que eu não sei gostar. Apesar das indecisões, tenho algumas certezas, mas no amor, porque quando eu digo que amo é porque é de verdade. Não consigo dizer que é lindo se eu simplesmente não achar, não sei dizer que adoro se eu realmente não adorar, não sei falar “A gente se encontra” se eu não quiser, não sei mentir sem me culpar. Se durar durou, se durar, passou. São as nossas vontades e o surgimento de um amadurecimento que vai transformando as coisas de cada olhar humano e animal. Se isso era de um jeito ontem e hoje não é mais, não pense que o mundo mudou, quem mudou foi você. Não mudou, cresceu. A noite vai embora, o sol aparece e você no meu pensamento. Isso pode ser hoje, amanhã e até semana que vem, mas será que é pra sempre? A vida corre, voa, e a gente não percebe. Isso eu não sabia, agora que cresci eu vi que isso estava bem na minha frente. Que bom que você continua ali, que bom que você não foi embora com um pouquinho da infância que me deu adeus. Hoje eu espero que você fique, porque eu gosto sim de você, quer dizer… amo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s