Dessa vez sou eu ou você

Era pra ser divertido. Eu nunca pensei que você podia me colocar ao avesso. Minha cabeça parecia que ia explodir, meus braços e pernas tremiam como se estivesse desagasalhada naquele frio de viagens ao exterior. Eu estava viajando. Foi como se nós tivéssemos nos despedido para sempre e de repente lá do outro lado do mundo você tivesse me encontrado. Você brinca com os meus sentimentos. Me lembrou das nossas músicas preferidas, das nossas manias. Quem disse que você tinha permissão de sentir saudades? Querer lembrar da sensação de como é gostoso passar a mão delicadamente nos meus dedos, deslizando seus dedos nos meus até sentir aquele esmalte branquinho que deixa minhas unhas lisinhas. Deitou no meu ombro três vezes, sentiu meus arrepios e apenas abria sorrisos. Eu não te entendi naquele dia. Mas porque chegar tão longe? Assim só me confunde. Ou será que era isso que você estava tentando fazer? Se era, conseguiu. E quando minha cabeça estava estourando, o enjoou tinha voltado, e os arrepios passavam do meu corpo para o seu, você decidiu tocar no meu cabelo suavemente e fazer cafuné. Eu não aguentei. E ainda diz que não se arrependeu. Por favor, volta pra mim, mas assim, urgente.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s